Aquivos por Autor: josematias

Sobre josematias

Licenciado em Engenharia Electrotécnica, ramo Energia e Potência, pelo
I.S.T., em 1977, cedo comecei a leccionar no Ensino Secundário, desde 1975
até à data.
A falta, então existente, de material didáctico para o apoio das aulas
teóricas e práticas da área de Electrotecnia/Electrónica, fez despertar a
necessidade de produzir textos de apoio para os alunos que, em colaboração
com o colega Ludgero Leote, permitiu que fossem publicados os livros
‘Automatismos Industriais – Comando e regulação’, ‘Sistemas de Protecção
Eléctrica’ e ‘Produção, Transporte e Distribuição de Energia’, em 1981/2/3. A
partir daí, nunca mais parei de escrever, o que para mim é um prazer! O colega
Leote, com outros interesses diversificados, desistiu de escrever para
publicação.
Escrevi ainda o livro Máquinas Eléctricas-Transformadores com o colega
José Rodrigues que, entretanto, se deslocou para o Portugal ‘profundo’ (um
abraço)!
Tive uma curta experiência como Orientador Pedagógico, à
Profissionalização, no Alentejo, muito interessante, mas que não foi suficiente
para deixar o contacto directo com o aluno, e com os livros, os quais saem
bastante enriquecidos com esse contacto permanente. Na verdade, é bem
verdadeiro o velho ditado “ao ensinar, aprende-se duas vezes”. É esta a
principal razão para continuar com o giz e o apagador, e não dentro de um
qualquer gabinete, apesar dos problemas actuais do nosso ensino. Se, cada um
de nós, dentro das suas possibilidades, características e competências, dermos
algo aos outros, sairemos todos mais enriquecidos!
O meu trabalho é fundamentalmente autodidacta, com muita pesquisa (nos
livros, na Internet, no laboratório real e, agora, no virtual). Apesar das
dificuldades do ensino, nunca desisti, e não vou desistir. Acredito que este
país irá saber dar a volta por cima ! Depende de cada um de nós!

A Criatividade e a Leitura

Sempre me fez enorme confusão perceber que há muitas pessoas que, sabendo ler, não gostam de o fazer. E questiono-me sobre quais as razões para tal, conhecendo eu, e muitos de nós, as enormes vantagens que a leitura proporciona a … Continuar a ler

Publicado em CRiatividade, Inovação, Leitura, Livros, o jovem e a leitura, o jovem e o livro, o livro e as tecnologias, o livro e os gadgets, vantagens da leitura | Deixe o seu comentário

COLEÇÃO BIBLIOTECA DO ELETRICISTA E ELETRÓNICO

Comprar, nas livrarias ou on-line: na Plátano Editora, no site WOOK (vende para todo o mundo), na Bertrand e na FNAC (vende para a Europa)!! O próximo volume – volume 7 – será ‘Díodos e Tirístores’ – a sair brevemente. #coleçãobibliotecadoeletricista, #livrosdeeletricidadeeeletronica, #jvcmatias

Publicado em Coleção Biblioteca do Eletricista e Eletrónico, contacto elétrico, Eletricidade, Eletrónica, Eletrónica Analógica, Eletrotecnia, Energia, Energias Alternativas, Ensaios de Eletrónica, Esquemas de eletrónica, Esquemas Elétricos, Evolução Tecnológica | Deixe o seu comentário

COMO TRATAR FERIDAS NOS LÁBIOS – BACITRACINA VERSUS ‘CREMES MILAGROSOS’

Vivemos na época dos cremes. Hoje em dia, há cremes para tudo e mais alguma coisa. Cremes para a cara, cremes para os pés, cremes para as mãos, cremes para os lábios, cremes para a noite, cremes para o dia, … Continuar a ler

Publicado em Bacitracina, Cremes, Cremes labiais, Feridas, Feridas nos lábios, Lábios, Pomadas para lábios, tratamento feridas lábios | 3 Comentários

Cuidados A Ter Com A Eletricidade

A Eletricidade que temos nas instalações elétricas das nossas casas ou nos locais de trabalho é um bem que, hoje, já não conseguimos dispensar, pela enorme quantidade de serviços e de conforto que nos proporciona no nosso dia-a-dia. É o … Continuar a ler

Publicado em choque elétrico, contacto elétrico, cuidados eletricidade, Eletricidade, fibrilação ventricular, riscos da eletricidade, tetanização | Tags , , | Deixe o seu comentário

A Fuga

Antigamente, na Nazaré, quando os pais não gostavam do namorado da filha ou da namorada do filho, os namorados fugiam de casa e instalavam-se, durante dois ou três dias, num quarto que alugavam numa povoação vizinha. Após o ato consumado, … Continuar a ler

Publicado em Fuga, Nazaré, Praia da Nazaré, Tradições | Deixe o seu comentário